No Poo e Low Poo ?>

No Poo e Low Poo

low pooSe você já pesquisou o mínimo sobre o mundo das cacheadas, já deve ter se deparado com esses termos: no poo e low poo.

Mas, antes de explicar direitinho o que é, você precisa ter alguns conceitos bem claros na sua cabeça:

1 – Um cabelo realmente sadio é COMPLETAMENTE DIFERENTE de um cabelo que parece estar sadio

Vou explicar:

Como a esmagadora maioria das pessoas não entende joça nenhuma sobre a composição ideal dos produtos e o efeito dos principais componentes no cabelo, é muito mais interessante pra indústria cosmética colocar substâncias que fazem você acreditar que o cabelo está sadio (pois eles são mais baratos) do que adicionar substâncias que realmente deixam seu cabelo sadio.

Dessa forma, você usa um produto, seu cabelo fica bonito e você pensa: “uau, esse produto é bão, hem!”… Mas mal sabe você que ele nada mais é do uma maquiagem, um disfarce. Ele cria uma película externa aos seus fios para disfarçar o danificado, enquanto internamente, seus fios estão do mesmo jeito.

Fazendo uma analogia, pense como uma maquiagem:

Quando sua pele está cheia de poros abertos, ressecada e com espinhas e cravos, você usa e abusa de corretivo, base e pó para deixa-la com uma aparência bonita! Porém, por baixo desses produtos, sua pele continua a mesma, precisando de tratamentos para deixa-la saudável.

É muito melhor ter uma pele saudável e precisar usar menos maquiagem do que ter que usar 50 kg de corretivo todos os dias, correto?

O mesmo acontece com o cabelo.

Os componentes que dão esse falso efeito e que devemos evitar quando compramos um produto pros nossos cabelinhos são os derivados de petróleo e silicones:

  • Silicones
  • Petrolato (Petrolatum)
  • Parafina líquida (Parafinum Liquid)
  • Óleo mineral (Oil Mineral)
  • Vaselina (Vaseline)

 

2 – Para as cacheadas, limpeza demais não é legal.

(Eu já citei a analogia abaixo em outra página aqui do site, mas vou repetir! Desculpe se estou sendo repetitiva.)

Vamos pensar juntinhas: o óleo natural do cabelo vem da onde?

Da raiz!

E como ele chega no comprimento do cabelo?

Escorregando até lá!

E você escorregaria mais rápido num escorregador retinho totalmente vertical (90°) ou num escorregador todo irregular, com curvas pra todas as direções – inclusive pra cima, com loopings muito loucos?

Deu pra entender porque o óleo da nossa linda cabecinha não chega lá nas pontas, né?

Aí, o seu cabelinho, que já não tem óleo natural, recebe uma carga de agentes super-master-blaster-limpantes que tiram dele aquela última gota de oleosidade natural, deixando-o com aspecto extremamente sem vida, sem graça.

No caso, o agente super-master-blaster-limpante é o sulfato, geralmente apresentado nos rótulos dos produtos como “Sodium Lauryl Sulfate”, ”Ammonium Laureth Sulfate” ou “Sodium Laureth Sulfate”.

 

Finalmente: o Low Poo

regras low pooA técnica Low Poo consiste em tirar da sua rotina capilar o uso de sulfatos. A grande maioria dos shampoos utiliza esse componente como agente de limpeza, mas geralmente, os que não contém sulfato são bem claros, explicitando na embalagem “livre de sulfatos” ou “sulfate free”.

Mas, atenção!!! Uma vez que você decide deixar os sulfatos de lado, você precisa necessariamente deixar de usar aqueles produtos que disfarçam os danificados do fio, que eu citei no primeiro item lá em cima (silicones insolúveis e derivados de petróleo – os silicones solúveis são permitidos).

Isso porque a maioria dos produtos que eu citei lá em cima se acumulam ao redor dos fios e só saem com o uso de sulfatos. Se você não removê-los, com o tempo seu cabelo ficará pesado, com aspecto sujo e pesado. Imagine passar maquiagem todos os dias e não poder usar demaquilante.

Além disso, essa camada formada impedirá que produtos de tratamento penetrem e tratem DE VERDADE os fios.

Veja quais produtos usar para seguir o low poo aqui.

 

E o No Poo?

regras no pooO No Poo é a retirada de qualquer shampoo da sua rotina capilar, seja ele com ou sem sulfato.

Quê?!!??!?!?!?!!

Calma, flor. A gente vai lavar a cabeça, ok? Mas vai ser com condicionador. É o famoso “co-wash”!

Sim, isso mesmo! Condicionadores também possuem agentes leves de limpeza, o necessário para retirar poeira, suor, excesso de oleosidade natural. Mas, obviamente não o necessário para retirar os silicones (solúveis e insolúveis) e derivados de petróleo que eu citei lá em cima.

Portanto, aqui o uso de produtos com esses componentes é terminantemente proibido, pelos mesmos motivos que o Low Poo.

Se o incômodo de lavar os cabelos cacheados só com condicionador for muito grande, você pode adicionar limão ou bicarbonato de sódio ao condicionador em algumas lavagens.

Veja quais produtos usar para seguir o no poo aqui.

 

Tenha paciência!!

Quando você resolve parar de usar aqueles derivados de petróleo, silicones e o shampoo com sulfato, provavelmente seu cabelo vai estranhar. Afinal, é uma mudança de rotina de muitos anos.

Por isso, não chegue a conclusões precipitadas depois de uma ou duas semanas aplicando a técnica. Dê tempo ao seu cabelo para que ele se acostume.

Voltando à nossa analogia, você está tirando a maquiagem e começando o tratamento de pele. É lógico que sua pele não ficará tão linda naturalmente quanto ficava com o corretivo, base e pó em tão pouco tempo! Paciência, pois o resultado vai aparecer e será gratificante.

 

Voltar para a HOME